Edifício Anita

Edifício Anita

O Edifício Anita foi construído na década de 50 pelo jornalista Frederico Faria de Oliveira, é um predinho simpático de apenas 3 andares localizado bem no coração da cidade, próximo a praça General Osório.

O edifício é um exemplar do modernismo praticado na época com janelas generosas e cantos arredondados, mas o que dá destaque ao edifício, é uma vegetação que toma conta de toda a construção, uma fachada verde passiva que o tempo  encarregou de cuidar. Outro chamariz é uma casinha curiosa plantada no terraço, atrai olhares meio como um “ser estranho” rodeada por prédios grandiosos como o Edifício Tijucas, o Edifício do INSS e o Hotel Tibagi que serve como um imenso plano de fundo em plena área central. A casinha foi construída pelo arquiteto Guenther Kuschick, e foi usada por sua família até 1999, após a morte de sua mulher a casinha ficou um pouco esquecida, e serviu como residência e também como atelier. Detalhes assim chamaram a atenção do cineasta Francis Ford Coppola e de Anthony Quinn que fizeram questão de conhecer o Anita em sua passagem pelo Brasil.

O prédio já abrigou diversos cafés na sua parte térrea, alguns bem conhecidos como o “Café Metrópolis”, mas o que persiste mesmo é a quitanda do seu Nagib, um dos comerciantes mais antigos da região instalado no endereço desde 1958, o Anita recebeu escritórios de advocacia, entre outros e até uma cozinha industrial, hoje abriga o Samambaia e o Estúdio Coletivo!

 

Ficha Técnica:

Edifício Anita
Arquiteto: Frederico de Oliveira
Ano: 1950
Endereço: Rua Cândido Lopes, Centro